quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Foto

Eu estou segurando sua mão na foto e estou sorrindo. Você também sorri.
Olhando para ela agora eu me pergunto se nós sabíamos, mesmo que só pela alma, lá no fundo do subconsciente, que aquelas mãos dadas e aqueles sorrisos em nossos rostos não significavam mais muita coisa.
Me pergunto, também, se foram as doses de vodka, ou se foram os cigarros, ou se foi o clima, ou se foi qualquer outro fator externo que nos empurraram para o abismo. Mas eu sei a resposta - sei que nem a vodka, nem os cigarros, tampouco o clima, ou o horóscopo, ou qualquer outro fator externo tiveram alguma culpa nisso. A culpa é toda nossa, a culpa é toda minha.
Eu ainda acredito nos nossos olhos naquela foto, ainda acredito na esperança estampada nos nossos sorrisos.
Mas no final da festa ela se retirou para sempre.

Um comentário:

Leiah disse...

que lindo texto. Realmente adorei *-*

Visitas